Ínicio » Canal » Top 10 vezes em que a humanidade acreditou em profecias absurdas

Top 10 vezes em que a humanidade acreditou em profecias absurdas

Por tempos imemoriais, as pessoas tentaram prever o futuro. Apesar do paradoxo de prever o futuro, muitas pessoas ainda praticam a arte da profecia e predição.
Apesar da evidência, ou falta da mesma, vários indivíduos ainda aceitam e seguem as idéias. Nesta seleção estão em destaque as 10 vezes em que a humanidade acreditou em profecias absurdas.
10°

Pânico do Cometa Halley

panico do cometa halley entre as vezes em que a humanidade acreditou em profecias absurdas
A cada 75 anos, o cometa Halley passa próximo da Terra e é tão previsível que seria possível determinar um horário para tal. Ao mesmo tempo, no ano 1910, havia ainda pouca compreensão do que o cometa fosse e seu curso previsto, ou sua composição química.
Além disso, foi este ano que o cometa passaria mais próximo do planeta. Isto incitou todos os tipos de previsões assustadoras que a massa cósmica colidiria com a Terra, ou talvez que lançaria gases venenosos da cauda e mataria todos com uma forma cósmica de guerra biológica.

A Peste Negra

a peste negra entre as vezes em que a humanidade acreditou em profecias absurdas
Apesar de ser não uma profecia em si, isso trouxe uma crença muito assustadora de que o mundo estivesse chegando a um fim. Em 1347, 12 navios mercantes ancoraram na Sicília após uma longa viagem através do Mar Negro. Quando os trabalhadores portuários foram começar a tarefa de descarregamento dos navios, eles descobriram uma cena macabra.
A maioria dos marinheiros estavam mortos e o resto da tripulação estavam extremamente próximo a isso. Febris, incapazes de manter qualquer o alimento ou líquido, e cobrindo seus corpos estavam grandes erupções negras.
Os capitães de Harbour ordenaram os navios a deixar o cais, no entanto, era muito tarde. Para os próximos 5 anos, A Peste Negra, A Praga, arrasaria a população da Europa em proporções astronômicas. Quase um terço da população européia, em torno de 20 milhões de pessoas, sucumbiria a isto, a então doença misteriosa.

Y2K

y2k entre as vezes em que a humanidade acreditou em profecias absurdas
Quando os computadores foram inicialmente codificados, ninguém considerou a mudança ao longo do ano 1999, para o novo milênio em 2000. O sistema de data foi definido como 00/00/00, portanto, os computadores do mundo pensariam que era 1900 e isto não computaria, iniciando assim uma reação cataclísmica em cadeia até que os computadores do sistema principal desligue.
Os serviços deixando de funcionar, e tudo sob o controle do computador dando errado. Isso seria o final da civilização como era conhecida. Graças em parte ao esforço incansável dos profissionais de computação e software para corrigir o problema em alguns sistemas, mas, não teve efeito em computadores que não haviam sido atualizados. O mundo sobrevive em relação à outra possibilidade de futuro assustadora.

O diluvio, novamente

inundacao entre as vezes em que a humanidade acreditou em profecias absurdas
Em 25 de fevereiro de 1524, Johannes Stöffler, um respeitado matemático alemão disse que seria o fim do mundo. Devido a um alinhamento dos planetas sob o signo de Peixes, um signo da água, naquele dia uma grande inundação começaria e a Terra seria coberta de água.

Portão do Céu

portao do ceu entre as vezes em que a humanidade acreditou em profecias absurdas

Marshall Applewhite, líder da seita Heaven’s Gate (Portão do Céu), profetizou que o cometa Hale-Bopp tinha uma longa cauda seguindo em sua vigília, uma nave alienígena. Uma que levaria Marshall Applewhite e seus 39 seguidores para longe e no espaço, Applewhite até sabia as exatas instruções para assegurar a passagem deles.
A NASA e os astrônomos em geral refutaram esta alegação, já que poderiam ver a cauda e observar que não havia uma nave. Applewhite refutou a eles, alegando que era uma cobertura orquestrada pela NASA. Applewhite pregou que a Terra estava para ser “reciclada”, limpada, para tudo novo e brilhante. O que implicava o final da vida como é conhecida.
Em 1997, foram encontrados os corpos de todos membros da seita. Acreditavam que tirando a própria vida conseguiriam acesso a nave espacial.

Sexto Júlio Africano

sexto julio entre as vezes em que a humanidade acreditou em profecias absurdas
Em 500 d.C seria o fim do mundo. O teólogo romano Sexto Júlio Africano escreveu que após 6.000 anos que a criação tinha passado, o final dos tempos viria sobre a Terra. Ele previu que aproximadamente 5.331 anos tinham se passado entre a criação e a ressurreição.
Na época, isso faria de 500 d.C o tempo da Segunda Vinda e o final do mundo. Algo que não ocorreu. Parece que há um padrão nas organizações religiosas sobre prever o final do mundo.

Ronald Weinland

Ronald Weinland entre as vezes em que a humanidade acreditou em profecias absurdas
O ministro da Igreja de Deus, Ronald Weinland preveu em 2004 que a Terra e humanidade estavam próximos ao fim. Em 2016, ele relata em seu livro 2008: God’s Final Witness, que centenas de milhões de pessoas estariam mortas em 2008.
Deste ponto, haveria 2 anos antes que o mundo mergulharia na escuridão em 2008. Pelo outono daquele ano, os Estados Unidos entrariam em colapso e não seriam mais uma nação, muito menos entre as mais poderosas. O livro vendeu muitas cópias depois de tudo.

Cotton Mather


Puritano, caçador de bruxas, Cotton Mather nunca foi de desistir. Ele não apenas previu o fim do mundo, ele fez isso 3 vezes. A primeira vez foi imposta em 1697. A segunda vez foi dita a ser em 1716. Então a terceira de Mather, a previsão final, afirmava que o apocalipse ocorreria em 1736.

Brothers And Sisters Of The Red Death

Brothers And Sisters Of The Red Death entre as vezes em que a humanidade acreditou em profecias absurdas
No ano 1900, um culto na Rússia czarista acreditava que o dia 13 de novembro daquele ano traria o final dos dias na Terra. Os membros de Brothers And Sisters Of The Red Death, um grupo misterioso que supostamente tinha sobrevivido no subterrâneo pelos últimos 200 anos.
Um culto muito estranho, e proibia seus membros de casar e todos os iniciados tinham que recrutar 12 novos membros para ganhar seu lugar no “céu”. Além disso, mediante o cumprimento de sua cota, eram então concedidos a honra de ter sexo gratuito com qualquer membro que gostavam no próximo encontro secreto.
No entanto, há sempre um ponto, após a orgia vinha o suicídio consensual, quando outros membros sufocariam o condenado com almofadas vermelhas.

Zoroastrismo

Zoroastrismo entre as vezes em que a humanidade acreditou em profecias absurdas
É uma religião do segundo século a.C, aproximadamente no local onde se encontra o Irã nos dias atuais. Talvez sua única noção não plagiada fosse que o final do mundo, bem, a data de qualquer forma, que segundo o fundador do grupo, Zoroastro, viria em cerca de 3000 anos após ele ter iniciado o sistema de crença.
Segundo Zoroastro, uma virgem seria colocada em um lago de sêmen de Zoroastro que daria nascimento a Saoshyant, o juiz do final dos tempos e salvador dos verdadeiros crentes, então ele ressuscitaria dos mortos, julgaria, e cada alma era colocada em lava de fusão para purgar seus pecados, cada alma encharcada segundo a quantidade de pecado cometido.

Postado por Adriano Lucas

Adriano Lucas, é fundador do Top10mais.org, tem 29 anos, mora em Cuiabá. Estudante do curso de Sistemas para Internet, esta sempre disposto a aprender e compartilhar em seus blogs, as diversas curiosidades existentes no mundo. Blogar é seu hobby desde 2009, mas tornou-se sua principal atividade a partir de 2011.

Veja também:

top 10 casos reais inacreditáveis de teletransporte

Top 10 casos reais inacreditáveis de teletransporte

Por um longo tempo houve rumores sobre um método de transporte muito rápido, na realidade, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *