Ínicio » Mistérios » Top 10 mitos comuns sobre o judaísmo

Top 10 mitos comuns sobre o judaísmo

O judaísmo é uma das religiões praticadas mais antigas do mundo, e delas surgiram as 2 maiores religiões do planeta, o islamismo e o cristianismo. Apesar de sua rica história, muitas pessoas não entendem completamente a fé judaica.
Devido a isso, muitos mitos têm surgido ao longo dos séculos sobre judaísmo e seu povo. Nesta seleção estão em destaque os 10 mitos comuns sobre o judaísmo.

10°

Os judeus não podem ser enterrados em um cemitério judeu se eles têm uma tatuagem

tatuagens cemiterio entre os mitos comuns sobre o judaismo
O equívoco de que as tatuagens têm alguma rejeição com os ritos funerários surgiu em algum momento no século 20, provavelmente devido a uma política específica que um cemitério particular pode ter apresentado.
As tatuagens se tornaram muito prevalentes na sociedade, que se espalhou para a juventude judaica como qualquer outra comunidade, e todos deles podem ser enterrados em um cemitério judaico.

Os judeus não podem comer carne de porco

carne de porco entre os mitos comuns sobre o judaísmo
Comer carne de porco é proibido para judeus que mantêm kosher. Nos Estados Unidos, a maior população de judeus fora de Israel, em torno de apenas 21% dos 5.3 milhões de judeus cumprem. Manter kosher é uma escolha que nem todos os judeus fazem. Até dentro de Israel, apenas em torno de 36% dos judeus seculares mantêm kosher.

O Antigo Testamento é a bíblia judaica

velho testamento entre os mitos comuns sobre o judaismo
Muitas pessoas incorretamente acreditam que o Antigo Testamento da bíblia cristã é a bíblia judaica. Na realidade, os judeus seguem os ensinamentos de Talmude e Tanakh, que são compostos do Torá, Nevi’im, e K’tuvim.
É verdade que muitos destes livros são encontrados no Antigo Testamento, mas o Antigo Testamento é apenas um composto de partes destes livros como uma fonte textual.

Judeus não podem se casar com um não judeu

se casar entre os mitos comuns sobre o judaismo
Os judeus acreditam que Deus ofereceu o Torá a todas as pessoas do mundo, mas que apenas os judeus aceitaram. Como tal, muitos acreditam que um judeu possa apenas se casar com outro judeu.
Isto não é verdade para muitos judeus. Embora grupos altamente conservadores possam se resumir contra a prática, a grande maioria dos judeus está autorizada e pode casar com um não judeu, se eles escolherem assim.

Os judeus não acreditam em um Messias

messias entre os mitos comuns sobre o judaismo

Os cristãos acreditam que Jesus Cristo é o Messias, Salvador, e construíram esta fé em torno Dele e de Seus ensinamentos. Os judeus não acreditam que Jesus foi o Messias, mas certamente acreditam que um Messias está próximo.
Os judeus acreditam que o Messias virá da linhagem de Davi, a linha familiar do rei Davi, e governará o povo judeu durante a Idade Messiânica, que tem ainda que chegar. De muitas formas, este é o cisma núcleo que se levantou e levou à criação do cristianismo como uma religião separada.

Judeus são muito religiosos

religiosos entre os mitos comuns sobre o judaismo
Todos os religiosos têm sua fé. Há aqueles que se enxergam como sendo reformados ou moderadamente religiosos, mas os judeus têm uma grande população do que são chamados judeus seculares.
Estes identificam como judeu etnicamente, ao invés de religiosamente judeu. E 42% dos judeus israelenses se consideram seculares, e este número é mais próximo de 50% nos Estados Unidos. Isto levou ao termo “ateísmo judeu”, para descrever as pessoas que se consideram como judeu, mas não religiosos, ou que não acreditam em Deus.

Judeus acreditam em céu e inferno

inferno entre os mitos comuns sobre o judaismo
Os conceitos de céu e inferno cristãos são descritos em grande detalhe em todo o Novo Testamento, mas para judeus, é muito diferente. Os judeus não acreditam em inferno, como descrito pela maioria das religiões.
Alguns acreditam em Gehinnom, onde uma alma é purificada por até 12 meses antes de ser aceita no céu, mas não é um lugar para punição. E muitos judeus não acreditam nem em Gehinnom. O céu é também muito diferente para os judeus. Não há conceito estrutural que possa ser facilmente apontado como outras religiões.

Judeus não podem trabalhar no sábado

sabado entre os mitos comuns sobre o judaismo
O sábado que cai entre o pôr do sol na sexta-feira e uma hora antes do pôr do sol no sábado. Durante este momento, um judeu supostamente não pode fazer qualquer “trabalho”, que pode significar uma variedade de coisas.
Nem todas as práticas são observadas por todos, e trabalhar no sábado é provavelmente a prática menos seguida para judeus. Nos Estados Unidos, quase 96% de todos os judeus pesquisados indicaram que trabalhavam no sábado.

Judeus rejeitam convertidos e são uma comunidade insular

rejeitados entre os mitos comuns sobre o judaismo
Converter-se ao judaísmo não é uma tarefa fácil. Por causa disso, os judeus parecem ser insulares e muitas vezes rejeitam as pessoas que desejam se juntar a sua fé. Embora seja difícil se tornar um judeu, a opção é aberta a qualquer um que deseja o fazer; e apenas exigirá algum trabalho.

Judeus são uma raça separada

raça separada entre os mitos comuns sobre o judaismo
As raças humanas são um pouco vagamente definidas, mas muitas pessoas acreditam que os judeus são uma raça separada. No entanto, uma pessoa de qualquer raça pode ser ou se tornar um judeu. Se o judaísmo poderia ser designado como qualquer coisa, poderia ser uma etnia, mas uma pessoa não precisa ser um judeu étnico para se tornar um judeu.

Postado por Adriano Lucas

Adriano Lucas, é fundador do Top10mais.org, tem 28 anos, mora em Cuiabá. Estudante do curso de Sistemas para Internet, esta sempre disposto a aprender e compartilhar em seus blogs, as diversas curiosidades existentes no mundo. Blogar é seu hobby desde 2009, mas tornou-se sua principal atividade a partir de 2011.

Veja também:

relatos entre as razões pelas quais Jesus Cristo nunca existiu

Top 10 razões pelas quais Jesus Cristo nunca existiu

A religião é uma das forças mais poderosas do planeta, porém duvidosa. Não há quaisquer …

Um comentário

  1. Sobre o tanack não ser o antigo testamento cristão estás errado, o que ocorre é a separação e sistematização dos escritos. O tamuld, o mish, os targuns, tradição oral, são complementos que interpretam o tanack.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *