Ínicio » Conhecimento Geral » Top 10 cobras mais mortais do mundo

Top 10 cobras mais mortais do mundo

Há mais de 2.500 espécies de cobra ao redor do planeta, menos de 200 das quais são venenosas. Como considerar uma cobra mortal? Em primeiro lugar, pelo número de mortes ocorrida após sua mordida. Em segundo lugar, essas são as cobras que são mais comuns em áreas na vizinhança das pessoas, como áreas urbanas e terras cultivadas.

Além de cobras venenosas, mortes podem ocorrer também por ataques de cobras não venenosas. O artigo “Snakebite mortality in the world” consultado, embora sendo publicado nos anos cinqüenta, oferece uma visão detalhada das espécies de cobra perigosas e mortais pelo mundo inteiro.

Também foi considerado o instituto de mordida de cobra africano, Reptile Magazine, Africa Geographic. Ainda os números não são exatos e nem sempre comparáveis, uma vez que alguns apresentam mortes anuais, enquanto outros mostram mortes por 100.000 pessoas. Além disso, muitas das mordidas mesmo se vindo de algumas das cobras mais mortais, se tratado rapidamente, não têm conseqüências fatais.

 

10°

Mamba-preta (Dendroaspis polylepis)

Cobras mais perigosas
A mamba-preta habita partes orientais e meridionais da África. O comprimento desta cobra é de impressionantes 2.5 metros na média, sendo levemente colorida para combinar com o ambiente. É uma das cobras mais rápidas, nervosas, facilmente provocadas, e também muito venenosas. Quando ataca, injeta porções grandes de veneno, que mata um humano adulto em uma hora. Ela aparece na lista das 10 cobras mais venenosas do mundo.

Gwardar (Pseudonaja nuchalis)

Gwardar entre as cobras mais mortais do mundo
Gwardar é uma espécie de cobra que habita o continente australiano inteiro, mas é mais comum na Austrália Ocidental, onde é a espécie mais responsável por mortes de mordida de cobra. Em torno de 70% das mortes causadas por cobras nesta região são desta. É uma espécie delgada de até 1.5 metros em comprimento, e pode ser diferentemente colorida.

 

Víbora de Russell (Vipera russelii)

Vibora de Russell entre as cobras mais mortais do mundo
A víbora de Russell, além de ser responsável por muitas mortes, também uma das cobras mais venenosas do mundo. É indígena à Índia, e sudeste da Ásia. É uma cobra bastante grande, com 1.2 metros de comprimento médio. Sendo esta grande e muito venenosa, também libera uma grande porção de veneno quando pica, e muitas vezes, ataca presa grande.

 

Mozambique spitting cobra (Naja mossambica)

Mozambique spitting cobra entre as cobras mais mortais do mundo
Esta cobra é uma espécie muito comum na África, reconhecida pela primeira vez em Moçambique. Habita muitos diferentes habitats, e pode muitas vezes vaguear ao redor ou dentro das casas em procura por alimento. É uma espécie delgada, com o comprimento médio em torno de 1.2 metros. Além disso, cada mordida contém 80-200 mg de veneno, e apenas 50 mg é fatal para humanos.

 

Cobra-real (Ophiophagus hannah)

cobra real king entre os animais que mais matam no mundo

A cobra-real é espalhada por todas as florestas e planícies do sudeste da Ásia, e é uma espécie muito comum na Índia. Sua cor varia de marrom, preto, verde-azeitona, com faixas amareladas em todo o corpo. É a cobra venenosa mais longa do mundo, alcançando até 5.5 metros. Embora seu veneno esteja longe do mais tóxico, uma única mordida contém em torno de 17 ml de veneno, que pode facilmente matar 20 pessoas. Esse veneno também pode ser usado de diversas maneira na medicina, por isso seu veneno é um dos líquidos mais caros do mundo.
Ela também aparece na lista das maiores espécies de cobra do mundo.

Naja indiana (Naja naja)

Naja indiana entre as cobras mais mortais do mundo
Estas cobras são nativas e muito comuns na Índia e países vizinhos. E habitam a maioria de vários habitats, exceto áreas muito secas, e são também comuns na cidade e subúrbios de povoação e terra cultivada. O comprimento de corpo médio é em torno de 1.5 metros. Encontros com as pessoas não são incomuns, e assim esta cobra também foi considerada como uma das 4 das cobras indianas mais perigosas.

Blue krait (Bunguraus caeruleus)

Blue krait entre as cobras mais mortais do mundo
A cobra habita o subcontinente indiano, preferindo pastagens e florestas, assim como terras cultivadas. É uma cobra bastante esbelta, com um comprimento médio de 1 metro. As cores são muitas vezes escuras, pretas e azuis no lado dorsal, com faixas amarelas finas ou claras. Esta cobra pertence a 4 das cobras indianas mais perigosas, com uma taxa de mortalidade muito alta, até 50%.

Biúta (Bitis arietans)

Biuta entre as cobras mais mortais do mundo
A cobra é uma das espécies mais comuns encontradas em toda a África subsaariana e parte da África e Península Arábica. Quando morde, libera entre 130 e 350 mg de veneno, onde apenas 100 mg é suficiente para matar um humano adulto.

 

Jararaca-do-norte (Bothrops atrox)

Jararaca-do-norte entre as cobras mais mortais do mundo
A cobra é nativa do México e norte do continente sul-americano. E habita uma variedade de habitats, incluindo florestas tropicais e terras cultivadas onde é muito comum. E pode ter até 2 metros em comprimento, com uma cabeça distinta e larga.

Curiosamente, as fêmeas podem crescer 10 vezes o tamanho dos machos. A cor de fundo é cinzenta ao marrom com padrão de forma de diamante mais escuro. É considerada uma das espécies mais mortais, por causa dos encontros habituais com seres humanos que causam mortes.

 

Carpet viper (Echis carinatus)

Carpet viper entre as cobras mais mortais do mundo
Esta cobra minúscula, que cresce em torno de 60 centímetros, é considerada a posição líder das cobras mais mortais do mundo, por causa dos encontros freqüentes com as pessoas, que terminam em envenenamento grave e morte. Ela geralmente habita o sul da Ásia, partes do Oriente Médio e Ásia Central.

É nomeada por causa de suas escalas ásperas salientes características, que produzem ruído sibilante feito por esfregar as escalas juntamente, enquanto a cobra se retorce antes do ataque. É colorida acastanhada com manchas mais claras. É incluída no grupo das 4 das cobras cujas mordidas causam a maioria das mortes humanas na Índia. E são bastante agressivas por natureza, e não hesitará a atacar se for ameaçada.

 

Postado por Adriano Lucas

Adriano Lucas, é fundador do Top10mais.org, tem 29 anos, mora em Cuiabá. Estudante do curso de Sistemas para Internet, esta sempre disposto a aprender e compartilhar em seus blogs, as diversas curiosidades existentes no mundo. Blogar é seu hobby desde 2009, mas tornou-se sua principal atividade a partir de 2011.

Veja também:

Phyllobates terribilis entre as especies de sapos mais venenosos do mundo

Top 10 espécies de sapos mais venenosas do mundo

Quando se fala sobre espécies tóxicas de répteis no mundo, principalmente o nome que surge …

Um comentário

  1. IVANILDE FRANCISCA DE MATOS

    olá Adriano Lucas, estou amando seu trabalho. Instrutivo, interessante, impressionante. Rsrsrrr
    saiba que sua vida é muitíssima preciosa para muitos. o que vc nos traz, se vc não o trouxer, nunca teríamos. por isso quero lhe dizer: obrgd por nascer, ainda na mh geração. um afetuoso abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *