Ínicio » Conhecimento Geral » Top 10 trens mais longos do mundo

Top 10 trens mais longos do mundo

O comprimento de um trem é medido pelo número de vagões contendo as cargas de volume como minério, óleo, entre outros, que estão ligados à locomotiva principal. O comprimento de um trem e a capacidade de carga dos vagões pode ser limitado em indicadores de trilho eletrificados, que são de baixa tensão, pois enfrentam problemas com potência de tração.

As mudanças de elevação, curvas e flexões ao longo da rota, comprimentos de gancho, acoplamentos e engrenagens de pressão podem também ser fatores limitantes ao comprimento de um trem. Não é muito incomum para o comprimento de um trem de carga ter uma média de 2000 metros. Os maiores comprimentos podem também ser alcançados com a ajuda de unidades de energia distribuídas, que pode estender o comprimento geral para mais de 3 ou 4 vezes o comprimento médio, isto é, até 8000 metros.

A principal vantagem de usar sistemas de energia distribuídos é que eles permitem que cargas muito maiores e mais pesadas sejam transportadas sem o risco de o trem descarrilar a partir do estresse de puxar estes vagões longos, pelas curvas íngremes.

Adicionar uma locomotiva entre os vagões de carga também ajuda a puxar os vagões de forma mais eficiente, com distribuição de peso eficiente entre mais de uma locomotiva. Nesta seleção estão em destaque os 10 trens mais longos do mundo.

10°

The Ghan – Austrália

The Ghan entre os trens mais longos do mundo
The Ghan é um trem de passageiros, o único nesta seleção que corre entre as cidades de Adelaide e Darwin. A viagem toda é de 2.979 km e leva em torno de 54 horas para realizar. O transporte todo consiste de algo entre 16 a 26 vagões feitos de aço inoxidável em média, mas uma vez carregou um total de 99 vagões que estenderam o comprimento geral da totalidade para em torno de 1.200 metros.

Maruti – Índia

Maruti Railway entre os trens mais longos do mundo
Lançado em 2011 por Central Railway of India, este trem de carga geralmente opera entre as rotas de Bilaspur para Bhuswal. O trem tem uma capacidade de carga em torno de 9000-10000 toneladas e compreende 118 vagões e segue um comprimento total de cerca de 1.400 metros.

Rio Tinto Railway Services – Autrália

Rio Tinto entre os trens mais longos do mundo
Rio Tinto detém e opera o maior sistema de rede ferroviária privada na Austrália. E tem acesso a 15 minas com a ajuda de sistemas de linha principal que abrange mais de 1700 km de extensão. E possui 173 locomotivas e 10.500 vagões à disposição em serviço. Um trem tão carregado tem uma capacidade de carga de cerca de 30.000 toneladas e tem até 2.400 metros de comprimento.

Mauritania Railway Iron Ore Trains – Mauritânia

Mauritania Railway entre os trens mais longos do mundo
Mauritania Railway é a ferrovia nacional do país da Mauritânia. Os trens que correm nesta linha ferroviária têm até 2.500 metros de extensão e compreendem 3 ou 4 locomotivas EMD diesel-elétrica para puxar. Há um total de 200-210 vagões e os trens têm uma capacidade de carga em torno de 85 toneladas.

Daqin Railway Coal Trains – China

Daqin Railway entre os trens mais longos do mundo

Os trens de carvão Daqin Railway são usados para transportar carvão ao longo de uma instalação de transporte de carvão de 653 km no norte da China. Os trens que transportam carvão são, em geral, de cerca de 210 vagões de longo comprimento de até 3.200 metros.

Carajás – Brasil

Estrada de Ferro de Carajas entre os trens mais longos do mundo
A Estrada de Ferro de Carajás tem 892 km de extensão e foi inicialmente inaugurada em 1982, liga as maiores minas de minério de ferro de poço aberto do mundo, de Carajás para o porto de Ponta da Madeira em São Luís. Mais de 35 trens diferentes circulam nesta rota, incluindo um dos maiores trens do mundo em operação regular, consistindo de 330 vagões e um comprimento total de 3.300 metros.

AAR standard S-400 – Estados Unidos

AAR standard S-400 entre os trens mais longos do mundo
Os trens de frete constituem uma indústria de US$ 60 bilhões, desempenham um papel importante na economia do país para o movimento de vários minerais e depósitos de energia renovável. O S-400 geralmente compreende 180 vagões que somam um total de comprimento em torno de 3.659 metros.
Os Estados Unidos também possui uma das maiores rotas de trens do mundo, veja aqui.

Trens RDP – África do Sul


Também conhecida como Ore Export Line, esta linha ferroviária tem 861 km de extensão. O comprimento do trem inicial ao longo desta rota consistia de locomotivas elétricas puxando 210 vagões, carregando um peso de 80 toneladas cada. As extensões aumentaram para 342 vagões desde então, compreendendo um comprimento total de 3.780 metros e pode carregar peso de 42.000 toneladas.

Double Stack Container Trains – Canadá

Double Stack Container entre os trens mais longos do mundo
Os trens de container de pilha dupla são operados pelo sistema canadense nacional ferroviário e com a ajuda de múltiplas locomotivas que possuem capacidade de carga. Até a década de 1990, o comprimento de um trem de carga médio era em torno de 1500 metros, que foi aumentado de forma significativa com o uso de unidades de energia distribuídas.

Os trens de carga gerais têm em torno de 3.700 metros de extensão e os trens de volume têm em torno de 3.000 metros de comprimento na média. O comprimento mais longo de um trem de carga no Canadá é de 4.200 metros.

BHP Billitron Iron Ore Train – Austrália

BHP Billiton Iron Ore Train entre os trens mais longos do mundo
BHP Billitron opera a ferrovia Mount Newman, que é uma linha ferroviária particular usada para transportar minério de ferro. O comprimento da pista é de 426 km e é uma das mais longas linhas ferroviárias particulares da Austrália. Ela foi oficialmente aberta para ser usada em 1969.

Mas em 2001, o trem quebrou o recorde mundial por ser o mais pesado e mais longo do mundo, por juntar 682 vagões, carregando 82.000 toneladas de minério, que atingiu um comprimento total de 7.300 metros de comprimento.
Veja também os trens mais rápidos do mundo.

Postado por Adriano Lucas

Adriano Lucas, é fundador do Top10mais.org, tem 29 anos, mora em Cuiabá. Estudante do curso de Sistemas para Internet, esta sempre disposto a aprender e compartilhar em seus blogs, as diversas curiosidades existentes no mundo. Blogar é seu hobby desde 2009, mas tornou-se sua principal atividade a partir de 2011.

Veja também:

Sequoia Sempervirens entre as arvores mais altas do mundo

Top 10 árvores mais altas do mundo

Houve um tempo quando a Terra era coberta com exuberante vegetação verde. Infelizmente, na atualidade, …

2 Comentários

  1. Jane Tadeu da Silva

    Barbaridade Tchê, uai como essas coisas são grandes, aqui no BR deviam mais valorizar o transporte ferroviário fica mais barato o transporte de uma região pra outra, vide esses exemplos extensão quilométricas que eles transportam cargas de produtos de minérios e passageiros, mas aqui é perigoso porque as pessoas vão superfaturar nas obras e ai não terminam as ferrovias.

    • Simplicidade e Harmonia

      Jane,

      Uma pena o transporte ferroviário ser tão subutilizado no Brasil, ainda mais se considerarmos o custo muito menor do que o transporte por rodovias e a menor emissão de gases poluentes na atmosfera.
      Até os trens de passageiros parece que ficaram apenas na história do país, mas seriam muito úteis hoje em dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *