Nos siga nas redes sociais

Esporte

Top 10 melhores jogadores portugueses de todos os tempos

Podemos enumerar vários futebolistas portugueses que se tornaram verdadeiros ídolos em
suas épocas, apresentando um futebol digno de os tornarem verdadeiras lendas.

O futebol português tem seu peso histórico, apesar de não ter uma Copa do Mundo em sua
sala de troféus. Quem usar o código bonus Bet365 para palpitar na edição do Mundial de 2022
verá a equipe de Cristiano Ronaldo no terceiro escalão dos favoritos.

Entretanto quem não der o devido respeito a uma equipe com tanto talento como a
portuguesa pode correr riscos, enquanto o retorno de quem palpitar nos campeões europeus
de 2016 será bastante alto.

Contudo fazer uma relação com apenas os 10 melhores jogadores se torna muito difícil e por
isso nos limitamos a escolher os mais indicados, mas sem deixar de citar alguns que aqui
poderiam estar como Fernando Chalana, Paulo Ferreira, Nuno Gomes, Luís Boa Morte, Ricardo
Carvalho e tantos outros.

Cristiano Ronaldo

cristiano ronaldo
Cristiano Ronaldo nasceu no Funchal em 1985 e aos 10 anos de idade foi para o Clube
Desportivo Nacional da Madeira onde foi descoberto pelo Sporting Clube de Portugal.
A partir daí começou sua carreira meteórica sendo contratado em 2003 pelo Manchester
United.

Em 2009 Cristiano Ronaldo se transferiu para o Real Madrid onde brilhou intensamente. Após
curta passagem pela Juventus da Itália, CR7 retorna ao Manchester United.
Cristiano além de ser um fenômeno no futebol é um profissional exemplar tendo sido eleito 5
vezes o melhor jogador do mundo.

Eusébio

eusebio entre os jogadores que marcaram mais gols na historia do futebol
Eusébio, o “Pantera Negra”, foi para muitos considerado um dos melhores futebolistas de
todos os tempos, inclusive comparado ao “Rei Pelé” pela sua genialidade.

Nascido em Moçambique, passou a ser jogador do Benfica onde conquistou inúmeros prêmios
dentre eles 5 Taças de Portugal, 11 campeonatos nacionais e um título europeu em 1961.
Eusébio ganhou 2 vezes a Bola de Ouro e 7 vezes a Bola de Prata. Sua habilidade e seus
atributos técnicos o levaram a Seleção Portuguesa onde conquistaria em 1966 a terceira
colocação no Campeonato Mundial na Inglaterra.

Luís Figo

luis figo uma das maiores contratacoes
Figo brilhou não só no Sporting como também no Barcelona, Real Madrid e Inter de Milão,
além de ter jogado por 127 vezes na seleção nacional.

A transferência Figo do Barcelona ao Real Madrid em 2002 causou um grande desconforto na
torcida, mas seu profissionalismo acabou por torná-lo um ídolo em ambas as equipes.
Figo tem uma lista de troféus impressionantes, com uma Taça de Portugal, 4 campeonatos
espanhóis, uma Liga dos Campeões da UEFA, uma Supercopa Europeia, uma Taça das Taças,
uma Copa Intercontinental, uma Copa da Itália, 3 Supercopas Italianas e 4 campeonatos
italianos.

Rui Costa

rui costa
Rui Costa começou sua carreira no Benfica na década de 90, depois se transferindo para a
Fiorentina e em seguida para o Milan, onde conquistou a Liga dos Campeões de 2003.
Mais tarde Rui Costa voltou ao Benfica e em 2008 encerrou sua brilhante carreira.

Pauleta

pauleta
Pauleta chegou ao Estoril e demonstrou ser um goleador nato, com muita técnica e visão de
jogo.Em seguida foi para o futebol espanhol passando pelo Salamanca, La Coruña e
posteriormente para o Bordeaux da França.

Ali Pauleta após uma rápida adaptação mostrou todo o seu potencial marcando quase 100
golos de 2000 até 2002. Em 2003 foi para o Paris Saint Germain onde em sua primeira
temporada marcou 23 gols em 42 jogos. Pauleta encerrou a carreira de futebolista como ídolo
no PSG.

Paulo Futre

paulo futre
Futre jogou pelo Sporting, Porto e Benfica, mas foi no Atlético de Madrid onde brilhou
mostrando toda a sua habilidade.

Em 1987 chegou a ficar em 2º lugar na nomeação do melhor jogador do mundo (Bola de Ouro)
onde Ruud Gullit acabou vencendo. Após sua saída do clube espanhol jogou pelo Milan e
Reggiana da Itália, Marselha na França, West Ham da Inglaterra e pelo Yokohama Fluggels do
Japão.

Mário Coluna

mario coluna
Mário Coluna era um jovem e promissor futebolista moçambicano que após muita disputa
acabou sendo contratado pelo Benfica em 1954.

Também conhecido por o “Monstro Sagrado” permaneceu no Benfica por 16 anos sendo
campeão europeu em 1961 e 1962, além de sete Taças de Portugal, dez Ligas Portuguesas e
cinco Taças de Honra da Associação de Futebol de Lisboa.

Fernando Gomes

fernando gomes
Fernando Gomes começou a sua carreira no Porto em 1974 onde ganhou dois campeonatos e
uma Taça de Portugal. Em 1980 foi ao Sporting de Gijón da Espanha, regressando dois anos
depois ao Porto.
Em sua segunda passagem ganhou por três vezes o título de campeão nacional, duas
Supertaças nacionais e duas Taças de Portugal.
Fernando Gomes ganhou seis Bolas de Prata de melhor marcador nacional durante sua
carreira.
Conquistou pelo Porto a Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1986–87, a Supertaça
Europeia de 1987 e a Taça Intercontinental de 1987, além de ganhar a Bota de Ouro da UEFA
em 1983 e 1985.
Encerrou sua carreira a serviço do Sporting Clube de Portugal.

Vítor Baía

vitor baia

Vítor Baía fez sua estreia como goleiro no Porto com apenas 18 anos e na seleção portuguesa
com 21 anos. No Porto ganhou nove campeonatos nacionais e cinco taças de Portugal. Em sete
épocas sofreu apenas 116 golos, o que significa uma média de 16,5 golos por ano.

Em 1996 se transferiu para o Barcelona na maior transação feita por um goleiro, retornando
ao Porto em 1999.

Chegou a ser considerado em 2004 pela UEFA como o melhor goleiro da Europa. Encerrou sua
brilhante carreira em 2007.

Deco

deco
O brasileiro naturalizado português Deco foi um meio campista que brilhou intensamente no
Futebol Clube do Porto e posteriormente no Barcelona.

Curiosamente ao chegar a Portugal contratado pelo Benfica acabou emprestado ao Alverca, ao
Salgueiros e em seguida dispensado.

Contratado pelo Porto, sua carreira deslanchou ganhando o título português da temporada, a
Copa de Portugal de 2000, 2001 e 2003, o Campeonato Português em 1998/99, 2002/03 e
2003/04, a Copa da Uefa de 2003 e a Champions League de 2003/04.
Um jogador com uma incrível habilidade nos passes jogou na seleção portuguesa e em 2004
ficou em 2º lugar na Bola de Ouro.

2 Comentários

2 Comentários

    Deixe seu comentário!

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Mais Vistos

    O site utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência, de acordo com a nossa Politica de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

    Cookie settings

    Below you can choose which kind of cookies you allow on this website. Click on the "Save cookie settings" button to apply your choice.

    FunctionalOur website uses functional cookies. These cookies are necessary to let our website work.

    AnalyticalOur website uses analytical cookies to make it possible to analyze our website and optimize for the purpose of a.o. the usability.

    Social mediaOur website places social media cookies to show you 3rd party content like YouTube and FaceBook. These cookies may track your personal data.

    AdvertisingOur website places advertising cookies to show you 3rd party advertisements based on your interests. These cookies may track your personal data.

    OtherOur website places 3rd party cookies from other 3rd party services which aren't Analytical, Social media or Advertising.