Você esta aqui: Início » Educação » Top 10 maiores serial killers da história

Top 10 maiores serial killers da história



Você já deve ter ouvido falar no Jack o Estripador ou, até mesmo, no Maníaco do Parque, certo? Contudo esses assinados em série (serial killers) são bem modestos quanto ao número e métodos de assassinatos dos dez maiores serial killers da história. Apesar da aparência inofensiva deles, são verdadeiros psicopatas com alto nível de periculosidade.

Seus feitos não são bom para sociedade, mas ficaram na história como os assassinos que, diretamente, mais mataram pessoas no mundo.

10°

Harold Shipman

Harold Shipman doutor morte
Este médico inglês matava as suas vítimas através da aplicação de doses letais de diacetilmorfina ou heroína, como é mais conhecida fora dos hospitais. Shipman foi acusado e condenado à prisão perpétua em julgamento realizado no ano 2000 por ter matado 15 pessoas. Porém, um novo inquérito aberto pela Polícia Britânica após o seu julgamento ligam o médico diretamente a outros 250 casos. Mas, os detetives acham que este número pode ser ainda maior, visto os mais de 2500 depoimentos dados e da análise de 270000 páginas de evidências.

Dr. Henry Howard Holmes

Dr Henry Howard Holmes
Holmes ou Herman Webster Mudgett (seu nome verdadeiro) é o primeiro serial killer americano que se tem notícia. Ele matava a suas vítimas em um “castelo” que na verdade era um hotel construído com o propósito especial de acomodar os seus hábitos homicidas. No local ocorreram, pelo menos, 27 assassinatos, porém as autoridades suspeitam que este número seja ainda maior, ou seja, ultrapasse 200 pessoas.

Yang Xinhai

Yang Xinhai monster killer
O chinês Xinhai ficou conhecido internacional pelo apelido de “Monster Killer”. Seus atos eram realizados durante a noite quando invadia as casas e, desta forma, matou 65 pessoas e estuprou 23, principalmente, entre os anos de 1999 e 2003. Yang Xinhai foi condenado por 67 crimes, sendo que foi executado em 2004, pelas autoridades.

Gary Ridgway

Gary Ridgway killer
Preso em 2001, o americano Gary Ridgway foi condenado por ter matado 48 mulheres entre os anos de 1980 e 1990, contudo perante o juiz o próprio serial killer confessou que o número correto de assassinatos era de 71 pessoas. Seu julgamento ocorreu em 2003 sendo que sua condenação é de 48 prisões perpétuas, sem a possibilidade de liberdade condicional, assim como uma sentença adicional de 10 anos por cada vítima (48) por ter alterado evidências.

Pedro Rodrigues Filho

pedrinho matador Pedro Rodrigues Filho
Seu primeiro assassinato ocorreu quando tinha apenas 14 anos de idade e atuou, principalmente, nos estados de Minas Gerais e Goiás entre as décadas de 1960 e 1970. Pedrinho Matador, como era conhecido por todos era praticamente um justiceiro brasileiro pelo fato de que uma grande quantidade das suas vítimas eram criminosos. Foi preso em maio de 1973 e mesmo atrás das grades matou 47 colegas de cárcere. Sua sentença foi de 126 anos de prisão, mas como a lei brasileira não permite que o preso fique atrás das grades por mais de 30 anos foi liberado em 2007 – poderia ter sido liberado em 2003, mas as mortos dentro do presídio adiaram um pouco a data. Porém, Pedrinho Matador está preso novamente desde 2011 por ter participado de seis motins e um cárcere privado na época em que estava preso. Nunca se soube ao certo o seu número de vítimas, comprovadamente são 75, mas a polícia estima em mais de 100 mortes.

Daniel Barbosa

daniel camargo barbosa El sadico del Chanquito
O serial killer Daniel Barbosa é colombiano e sua primeira passagem pelas grades aconteceu em 1964 onde foi condenado por abusar de dez mulheres. Oito anos depois foi liberado e foi a partir deste ponto em que passou a ser ainda mais amedrontador e se tornou conhecido como “El sádico del Chanquito”, pois entre os anos de 1984 e 1986 ele mesmo admitiu ter matado 71 garotas e mulheres. Porém, a polícia colombiana estima que este número deva ultrapassar a marca de 150 mortes.

Elizabeth Báthory

Elizabeth Bathory
Sem só homens são serial killers, mas mulheres. A mais famosa e amedrontadora é Elizabeth Báthory que foi acusada pela corte húngara (Báthory era Hungra) de torturar e matar 80 garotas, contando com ajuda de outras quatro pessoas. Porém, registros confirmar que mais de 650 cabeças foram decepadas por sua culpa, ou seja, por seu próprio pedido. Nunca houve um julgamento real para a condessa, porém ela foi submetida a uma espécie de “prisão domiciliar” na Eslováquia.

Pedro López

pedro alonso lopez
Colombiano ficou conhecido pelo apelido de “O monstro dos Andes” e confessou ter matado 110 meninas no Peru, 100 meninas na Colômbia e mais de uma centena no Peru (não soube informar a quantidade). As vítimas escolhidas eram garotas jovens na faixa etária entre 9 e 12 anos, sendo que Pedro López foi preso em 1980 e condenado pelos 110 assassinatos da jovens equatorianas, em 1983. Atualmente ele está solto nas ruas desde 1998.

Thug Behram

Thug Behram
A história do indiano Thug Behram é um pouco controversa, pois em alguns livros ele é relacionado ao assassinato de 931 pessoas por estrangulamento, porém alguns autores dão conta de que ele teria sido responsável por “apenas” 125 mortes. Todos os seus crimes foram cometidos entre 1765 e 1840.

Luis Garavito

Luis Garavito la bestia
“La Bestia” como era conhecida popularmente, o colombiano Luis Garavito admitiu perante o juiz ter matado e estuprado mais de 130 jovens garotos durante os anos de 1980. Contudo a polícia militar colombiana estima que esse número ultrapasse os 400 assassinatos. Foi preso em 22 de abril de 1999 pela condição de 139 crimes e recebeu uma pena total de 1853 anos e 9 dias, porém assim como na lei brasileira não poderá ficar preso por mais de 30 anos.

22 comentários

  1. Esse cara sao f0da d+ so de ver da medo mas o q mata bandido esse eu apoio.antes que alguem diga que nao existe pena de morte nobrasil eu afirmo que tem pois os proprios detento jugam bem melhor q a justica brasileira

  2. Ali sobre o Gary Ridgway, o cara foi condenado a prisão perpétua + 10 anos por cada vítima… o cara vai ter que viver mais pra poder ficar preso? Como é o negócio?

  3. Estripador ?

  4. no Thug Behram ta dizendo entre 1970 e 1840 entao o cara volto no tempo?

  5. Vale lembrar que esses são os ”10 maiores serial killers” de que se tem notícia, há muitos por ai que ninguém sabe sobre suas existências.

  6. Pedro Rodrigues Filho é um grande cidadão, um verdadeiro brasileiro d coragem. Pois ele faz o que a merda da constituição brasileira não faz. Essa “constituiçãozinha” não serve nem pra limpar a bunda após uma caganeira.

  7. O nazismo não é uma pessoa mas foi controlado por uma Adolf Hitler, acho que faltou isso.

  8. JANE TADEU DA SILVA

    Rapaz esses caras vivos deviam vir pras cadeias daqui, ia ser uma limpa nos Presídios aí os BLACKS BOCS ficariam com medo de aprontar e encontrar esses caras la.

Seu comentário é importante!