Ínicio » Conhecimento Geral » Top 10 países mais obesos do mundo

Top 10 países mais obesos do mundo

De volta aos bons velhos tempos, quando alimentar-se significava perseguir manadas de búfalos com lanças, e a alimentação e exercício eram interligados. E quanto mais se suava por rastrear, matar e buscar alimentos, mais de um banquete poderia se esperar a aproveitar.
Mas a sociedade moderna mudou tudo isso. Inicialmente havia agricultura, então cultivo de fábrica, e atualmente um sistema tão complexo e bizarro. O talento humano terceirizou a aquisição, preparação e fabricação de alimentos para um grau sem precedentes.
E junto com inúmeras outras tendências, como a explosão de trabalhos da indústria de serviços que exige quase nenhuma atividade física, é criada a tempestade perfeita para desconectar a dieta e saúde física da vida cotidiana.
Os 10 países em destaque nesta seleção representam os piores cenários para obesidade em 2014. Estas altas taxas globais, correlacionadas pelo último Índice de Progresso Social, localizam onde escalonamento de populações, estas que lutam para manter o peso à distância ao redor do planeta.

10°

Trinidad e Tobago – 30% da população

trinidad tobago entre os paises mais obesos do mundo
Os estudos recentes do Instituto Caribenho de Alimentos e Nutrição mostram a crescente obesidade neste país, particularmente entre crianças, que explodiu em curto espaço de tempo que apenas coincide com a ascensão da indústria fast food nesta região do mundo.
Além disso, isto é provavelmente apenas a ponta do iceberg, já que há estimativas de US$ 5 bilhões por ano em custos médicos de obesidade no país caribenho mais gordo do mundo.

Venezuela – 30.8% da população

venezuela entre os paises mais obesos do mundo
Ao menos, para amenizar o problema da obesidade, no último mês de janeiro, o presidente Maduro embarcou em uma campanha nacional de obesidade pelo parto, há novas agências governamentais encarregadas de supervisionar as diretrizes alimentares em locais onde a dieta está mais em risco, como em escolas.

Estados Unidos – 31.8% da população

estados unidos entre os paises mais obesos do mundo
Provavelmente o local de nascimento dos fast-food’s. Com uma influência da mídia pela magreza, e a dependência de açúcar no mundo, o fitness deste país permanece um paradoxo gritante. Os mercados de consumo e política saltam em torno de ambos os lados da questão, mas se o país está fazendo progresso, o tempo responderá.

México – 32.8% da população

mexico entre os paises mais obesos do mundo
O problema de peso deste país iniciou na década de 1980, quando o alimento processado suplantou os grãos inteiros tradicionais e vegetais no mercado de alimento do México. Atualmente, 7 de cada 10 mexicanos estão acima do peso, e 3 de 10 estão clinicamente obesos.
Mas o Congresso do México tem sido mais agressivo em tomar medidas do que a maioria dos países, ultimamente passando uma variedade de leis anti fast food na forma de impostos de pecado, não diferentes de álcool e tabaco; como um imposto de 5% sobre alimentos embalados com ao menos 275 calorias por 100 g, e um peso extra em cada litro de bebida saturada de açúcar.

África do Sul – 33.5% da população

africa do sul entre os paises mais obesos do mundo

O aumento de estilo de vida ocidentalizado fez deste país o único país sub-saariano africano com um problema sério de peso, mas as tendências sugerem que o continente sul que verá crescer as taxas, dramáticas, de doenças relacionadas com obesidade nas próximas 2 décadas.
Isso tudo caminha lado a lado com o motivo dos mercados de fast-food serem tão descontroladamente bem sucedidos neste país; comida barata, rápida é um fator significativo de contribuição nas tendências preocupantes de peso na África do Sul.

Emirados Árabes Unidos – 33.7% da população

emirados arabes unidos entre os paises mais obesos do mundo
No último ano, em uma campanha bizarra, numa uma cidade tão opulente como Dubai, o governo lançou um desafio de peso de 30 dias que premiava a perda de peso com ouro, literalmente. Os competidores ganhariam 2 gramas de ouro sólido, no valor de cerca de US$ 90, por cada 2 quilogramas que perdiam para luta contra obesidade.

Jordânia – 34.3% da população

jordania entre os paises mais obesos do mundo
Um relatório de 2010 pela Universidade da Jordânia indica a taxa de obesidade das mulheres adultas da Jordânia próxima a 60%, quase o dobro da taxa dos homens. E parece que as tradições de gênero do país perpetuam uma cultura particular de fitness ruim sob a Coca-Colonização.

Egito – 34.6% da população

egito entre os paises mais obesos do mundo
Como grande parte do Oriente Médio, a valorização cultural do sobrepeso, particularmente em mulheres, deixa o país com um das mais altas taxas de obesidade no mundo.
Aqui, a publicidade das comidas rápidas se alimenta da cultura em grande forma, 10% dos egípcios bebem 5 ou mais latas de refrigerante por dia.

Arábia Saudita – 35.2% da população

arabia saudita entre os paises mais obesos do mundo
A cultura conservadora saudita tende a se distanciar de atividade física para mulheres. Até mesmo os segregacionistas mais difíceis no Golfo Pérsico não podem negar que 37% das mulheres do país vivenciam problemas de saúde relacionados ao excesso de peso.

Kuwait – 42.8% da população

kuait entre os paises mais obesos do mundo
Quando as tropas americanas chegaram ao Kuwait durante a primeira Guerra do Golfo, chegaram também o fast food’s americano. E então se espalhou como um vírus, e a maioria dos cidadãos do país carecem de base cultural para apreciar a gravidade da má qualidade e valor nutricional baixo desse tipo de alimento.
O boom do petróleo do Kuwait transformou completamente o país; rapidamente trouxe a riqueza, infra-estrutura, e caráter ocidental, mas não a fundação cultural para distinguir o McDonald’s e Burger King de bons restaurantes.
O resultado é uma taxa de obesidade desconfortavelmente próxima de 1 em 2 pessoas, sendo o Kuwait posição líder na seleção dos 10 países mais obesos do mundo.

Postado por Adriano Lucas

Adriano Lucas, é fundador do Top10mais.org, tem 28 anos, mora em Cuiabá. Estudante do curso de Sistemas para Internet, esta sempre disposto a aprender e compartilhar em seus blogs, as diversas curiosidades existentes no mundo. Blogar é seu hobby desde 2009, mas tornou-se sua principal atividade a partir de 2011.

Veja também:

brasil entre os países com maior população negra fora da África

Top 10 países com maior população negra fora da África

Em torno de 25 milhões de pessoas que têm origem africana vivem fora do continente …

4 Comentários

  1. acho que esta pesquisa é antiga, porque os venezuelanos estao cada dia mais magros. A “dieta Maduro” pela qual a populacao esta sendo submetida esta fazendo fazendo com que pelo menos 95% da populacao tenha perdido no minimo 10% do seu peso! Triste!

  2. É cultural no árabe, apresentar obesidade como sinal de bem estar. Mas pelo ocidente, é a gula mesmo. Faltou os civilizados europeus: Inglaterra, Itália, Espanha etc. Quantos são classificados como obesos de fato com IMC acima de 30? O mundo já produz alimento o suficiente para que não haja fome. O que há é má distribuição.

  3. O Brasil ñ ta entre os 10

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *