Ínicio » Entretenimento » Tecnologia » Top 10 supercomputadores mais caros do mundo

Top 10 supercomputadores mais caros do mundo

O primeiro supercomputador, Atlas, foi criado no começo da década de 1960. E observando ao redor do mundo, é bastante óbvio que a tecnologia teve um grande salto desde a década de 1960. Nesta seleção estão os 10 supercomputadores mais caros do mundo.
A cada 5 anos, na realidade, os supercomputadores de hoje se tornam obsoletos, pela tecnologia avançando rapidamente em informação, e desenvolvimento de computação e pesquisa. Os supercomputadores de hoje são medidos em PetaFLOPS, uma velocidade de processamento igual a um mil trilhão, de operações de ponto flutuante por segundo.

10°

Vulcan BlueGene/Q, Estados Unidos – US$ 100 milhões

Vulcan BlueGene Q entre os computadores mais caros do mundo
Este supercomputador têm um pico de 5 PetaFLOPS, e é atualmente o nono supercomputador mais rápido do mundo, segundo Top500.org. Vulcan entrou em operação em 2013, e Lawrence Livermore National Laboratory para pesquisa em biologia, física de plasma, ciência do clima, sistemas moleculares, engenharia sólida e fluida, e outros temas complexos de estudo.

SuperMUC, Alemanha – US$ 111 milhões

supermuc entre os computadores mais caros do mundo
SuperMUC é atualmente o décimo quarto supercomputador mais rápido do mundo. O sistema foi criado pela IBM, opera em Linux, e contém mais de 19.000 processadores Intel e Westmere-EX, e tem uma performance de pico de um pouco mais de 3 PFLOPS.
SuperMUC é usado pelas pesquisas européias em várias áreas, incluindo medicina, astrofísica, cromodinâmica quântica e dinâmica de fluido computacional.

IBM Roadrunner, Estados Unidos – US$ 130 milhões

IBM Roadrunner entre os supercomputadores mais caros do mundo
Este supercomputador alcançou um desempenho incrível de 1.456 PFLOPS, mantendo o lugar na lista TOP500. O supercomputador foi descomissionado em 31 de março de 2013.
E foi substituído por um supercomputador mais inteligente, e mais eficiente em relação à energia, chamado Cielo. O objetivo de Roadrunner era altamente confidencial, para modelar a queda do arsenal nuclear dos Estados Unidos.

Trinity, Estados Unidos – US$ 174 milhões

Trinity entre os supercomputadores mais caros do mundo
Trinity será usado para manter a segurança e eficácia do arsenal nuclear da América. Trinity será feito em conjunto com Sandia National Laboratory e Los Alamos National Laboratory, como parte do Programa de Computação e Simulação Avançada da NNSA.
Não está claro quando este supercomputador será instalado e estará funcionando, e se o mesmo executará o arsenal nuclear da nação em um evento que os Estados Unidos usem suas armas nucleares em situações de combate. Seja qual for o caso, a esperança é que Trinity esteja em boas mãos.

Sequoia BlueGene/Q, Estados Unidos – US$ 250 milhões

Sequoia Blue Gene Q entre os supercomputadores mais caros do mundo

O supercomputador BlueGene/Q Sequoia foi desenvolvido por IBM, para a NNSA, como parte do Programa de Computação e Simulação Avançada. E atualmente posiciona em número 3, com um pico teórico de 20 PFLOPS, ou 20 trilhões de cálculos por segundo. Alguns dos propósitos do computador são estudar astronomia, genoma humano, alterações climáticas e curso de armas nucleares.

ASC Purple e BlueGene/L, Estados Unidos – US$ 290 milhões

ASC Purple and BlueGene entre os supercomputadores mais caros do mundo
Estes 2 supercomputadores vieram como um pacote. Os 2 computadores foram anunciados por DoE em 2002 para serem contratados para IBM por US$ 290 milhões. Eles foram instalados em 2005 no Lawrence Livermore Lab, e foram descomissionados em 2010.
O ASCI Purple em Lawrence Livermore Lab foi construído para simular e substituir o teste ao vivo WMD. O BlueGene/L focou em áreas científicas importantes, tais como previsão das alterações climáticas globais, e estudo da interação entre densidade atmosférica e poluição.

Sierra e Summit, Estados Unidos – US$ 325 milhões

Sierra and Summit entre os supercomputadores mais caros do mundo
Construídos usando Servidores IBM Power e aceleradores Nvidia Tesla GPU, os 2 supercomputadores apelidados de Sierra e Summit serão instalados em 2017. O próximo sistema Sierra não terá problemas na execução em mais de 100 PFLOPS, enquanto Summit terá recursos de processamento de até 300 PFLOPS.
O propósito de Sierra no Lawrence Livermore National Laboratory será para garantir a segurança e eficácia do programa nuclear da nação. Enquanto isso, Summit dando mais experiência em relação ao Oak Ridge National Laboratory do supercomputador Titan, direcionado para aplicações científicas ao redor do mundo.

Tianhe-2, China – US$ 390 milhões

Tianhe-2 entre os supercomputadores mais caros do mundo
Tianhe-2 é o atual supercomputador mais rápido do mundo, sendo capaz de realizar 33.860 trilhões de cálculos por segundo, e é usado para simulação, análise e aplicações de segurança do governo chinês.

Earth Simulator, Japão – US$ 500 milhões

Earth Simulator entre os supercomputadores mais caros do mundo
O Earth Simulator foi desenvolvido como um sistema de supercomputador de vetor paralelo de nível, usado para executar modelos climáticos globais, e para avaliar os efeitos do aquecimento global e problemas em geofísica da Terra sólida.
O Earth Simulator System tem vários recursos para ajudar a proteger o computador contra terremotos, com suportes de borracha em um sistema de isolamento sísmico, e raios, com um de alta tensão, ninho blindado que paira sobre o edifício.

Fujitsu K, Japão – US$ 1.2 bilhões

Fujitsu K  entre os supercomputadores mais caros do mundo
O computador K, denominado pela palavra japonesa “kei”, corresponde a 10 quadrilhões, é o quarto mais rápido supercomputador do mundo, com um pico teórico de velocidade de 11 PFLOPS.
Está localizado no Instituto Avançado de Ciência Computacional RIKEN, e é 60 vezes mais rápido do que o Earth Simulator. K custa US$ 10 milhões por ano para operar, usando 9.89 MW de energia, ou o equivalente a quase 10.000 casas suburbanas, ou um milhão de computadores desktop vinculados.

Postado por Adriano Lucas

Adriano Lucas, é fundador do Top10mais.org, tem 28 anos, mora em Cuiabá. Estudante do curso de Sistemas para Internet, esta sempre disposto a aprender e compartilhar em seus blogs, as diversas curiosidades existentes no mundo. Blogar é seu hobby desde 2009, mas tornou-se sua principal atividade a partir de 2011.

Veja também:

oribe entre os cortes de cabelo mais caros do mundo

Top 10 cortes de cabelo mais caros do mundo

Nesta seleção estão em destaque os 10 cortes de cabelo mais caros do mundo. Há …

7 Comentários

  1. sera que roda gta 5?

  2. Ta….Mas..roda FIFA? :B

  3. Arionaldo carvalho da Silva

    Será que é pra isso mesmo que estão dizendo ou é simplesmente para espionar o mundo.

  4. Muito bom!Exelente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *