Ínicio » Esporte » Top 10 maiores goleadas da Copas das Confederações

Top 10 maiores goleadas da Copas das Confederações

Em meio a Copa das Confederações realizada no Brasil, foi registrado um recorde histórico da competição. Nunca houve tamanha goleada em qualquer etapa da Copa. A poderosa Espanha goleou a fraca seleção do Taiti por 10 a 0. Chuva de gols já prevista, pois o mesmo time do Taiti já havia perdido por 6 a 0 contra a Nigéria na última semana. Isso, é em razão de parte do time do Taiti ser compostos por jogadores amadores (somente um jogador profissional).
Nossa seleção também aparece no ranking, em segundo e terceiro lugar, na época que Ronaldo virava ídolo e quando Romário reinava nos gramados.

Top 10 maiores goleadas da Copas das Confederações



Rank Resultado Ano Sede/Anfitrião
Espanha 10 x 0 Taiti 2013 Brasil
Uruguai 8 x 0 Taiti 2013 Brasil
Brasil 6 x 0 Austrália 1997 Arábia Saudita
Brasil 8 x 2 Arábia Saudita 1999 México
Nigéria 6 x 1 Taiti 2013 Brasil
Emirados Árabes 1 x 6 República Tcheca 1997 Arábia Saudita
Espanha 5 x 0 Nova Zelândia 2009 Africa do Sul
França 5 x 0 Nova Zelândia 2003 França
França 5 x 0 Coréia do Sul 2001 Coréia-Japão
10° Arábia Saudita 0 x 5 México 1997 Arábia Saudita
Fonte:Esporte Interativo.

Postado por Adriano Lucas

Adriano Lucas, é fundador do Top10mais.org, tem 28 anos, mora em Cuiabá. Estudante do curso de Sistemas para Internet, esta sempre disposto a aprender e compartilhar em seus blogs, as diversas curiosidades existentes no mundo. Blogar é seu hobby desde 2009, mas tornou-se sua principal atividade a partir de 2011.

Veja também:

pele entre os maiores artilheiros de todos os tempos

Top 10 maiores jogadores da história das Copas do Mundo

Um dos eventos que mais chamam a atenção de todo mundo é a Copa do …

3 Comentários

  1. brasil 6 x 0 australia cara os 6 x 0 na australia foi amistoso

  2. O 2º e 3º lugar deviam de estar trocados, pois se comparar dois jogos em que ambas as equipas tiveram uma distância de 6 golos da outra, não interessa qual equipa marcou mais mas sim a que sofreu menos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *