Ínicio » Conhecimento Geral » Top 10 drogas mais viciantes do mundo

Top 10 drogas mais viciantes do mundo

Existem estimados 230 milhões, ou cerca de 1 pessoa em grupo de 20 no planeta que usa drogas ilícitas em algum grau. Nesta seleção são destacadas as 10 drogas mais viciantes do mundo.
Apesar dos melhores esforços da maioria dos países para limitar a proliferação de entorpecentes e abuso de substâncias no interior de suas fronteiras, não obstante o debate de muitas nações sobre o que exatamente constitui um narcótico ilegal em 2014, o abuso de droga é um problema prevalente na sociedade.
Para agravar a questão há o fato de que algumas drogas legais também são rotineiramente usadas de modo abusivo, levando a outro vício, tratamento, e recuperação, ou dependência, desespero e em algumas vezes até a morte.
Enquanto há muito mais do que 10 drogas de caracterização altamente viciantes e que rotineiramente levam ao abuso e complicações para o usuário, as 10 drogas nesta seleção são com base em estudo de cientistas holandeses que inventaram uma escala de 0 a 3 para determinar o potencial viciante da droga.

10°

GHB

ghb entre as drogas mais viciantes do mundo
O ácido gama hidroxibutírico, mais conhecido como GHB, é um depressor do sistema nervoso central. Mais comumente conhecida como a droga de estupro e também usada entre muitos freqüentadores de clube, em particular da variedade noite inteira, como CNS, a droga pode causar sentimentos de paz e euforia, e auxilia a aliviar a ansiedade.
Se muito é tomado, ou se usado em combinação com álcool, pode causar desmaio ao usuário. Segundo o estudo holandês, a classificação de dependência do GHB é 1.71.

Benzodiazepinas

Benzodiazepinas entre as drogas mais viciantes do mundo
Usadas para tratar ansiedade, pânico, transtorno obsessivo compulsivo, benzodiazepinas trabalham para reduzir muitos dos neurônios de reação exagerada no cérebro do usuário, e funcionam por um período curto.
Com uma classificação de dependência de 1.89, o problema é que esta droga apresenta uma duração curta, e é também droga que o paciente desenvolve tolerância, algumas vezes em poucas semanas não se tem o mesmo efeito.
Uma vez que a tolerância é desenvolvida, a droga não consegue evitar a doença, ao qual a pessoa recebe tratamento, com certo grau de agravamento, deixando pouca escolha ao paciente, e sim aumentar a dosagem. E pode levar anos, um processo lento para se livrar das benzodiazepinas.

Anfetaminas

Ao contrário das outras drogas anteriores mencionadas que ajudam a diminuir ansiedade, mas se transformam e causam danos com a falta, as anfetaminas são estimulantes do sistema nervoso central.
Então, quando anfetaminas são tomadas, pode tratar depressão, tornar o indivíduo mais consciente e empolgado, e quando é retirada, pode ocorrer depressão grave e fadiga, com vício resultante. A classificação de dependência das anfetaminas é 1.95.

Cocaína

cocaina entre as drogas mais viciantes do mundo
Com uma classificação de dependência de 2.13, a cocaína é tão viciante pela sua curta duração e método de ação, e é sétima posição na seleção das 10 drogas mais viciantes do mundo.
Esta droga mantém um fluxo constante de dopamina no cérebro enquanto o usuário está alto, parando assim o cérebro de produzir mais e desligando os receptores de dopamina. Mas assim que acaba a ação, o cérebro começa a almejar a dopamina perdida fornecida pela droga, daí a necessidade de mais.

Álcool

alcool entre as drogas mais viciantes do mundo
A segunda droga legal da seleção é o álcool. E como o depressor CNS, o álcool relaxa, diminui a ansiedade e não inibe os usuários, sendo sexta posição na seleção.
Tudo o que é bom em moderação é interessante, mas o problema com álcool é que é tão hábil no que faz ao cérebro, que usuários que são viciados não conseguem beber de forma moderada, ou casualmente. E se torna medida de excesso, ou habituação, com uma classificação alta de dependência de 2.13.

Metanfetamina

metafetamina entre as drogas mais viciantes do mundo

Esta droga é semelhante à cocaína na forma como capitaliza a dopamina no cérebro, mas a metanfetamina leva isto para um nível totalmente diferente. A mesma não mantém a natural dopamina produzida no cérebro por mais tempo, e na verdade imita dopamina e norepinefrina, levando o cérebro a obter mais.
Quando a droga termina, o cérebro intensamente anseia a perda de dopamina e norepinefrina, levando o usuário a ficar alto novamente. Com sintomas de abstinência que vão de depressão grave a psicose, alucinações e até suicídio, a classificação de dependência é 2.24.

Metadona

metadona entre as drogas mais viciantes do mundo
A droga que é usada para tratar o vício em heroína é a metadona. Na realidade, o uso de metadona em ambiente médico controlado é uma boa forma de ajudar os viciados em heroína a recuperar-se. A metadona é extremamente efetiva para tratar sintomas de abstinência da heroína, a droga mais devastadora que existe.
E por este fator, muitos viciados em heroína simplesmente tomam metadona até que se tornem tolerantes à droga, e então continuam usando como uma barreira para sofrimento do processo grave da falta que vem com uso da heroína. A classificação de dependência é 2.68.

Nicotina

nicotina entre as drogas mais viciantes do mundo
A nicotina age por imitar o receptor de acetilcolina no cérebro, enquanto simultaneamente reduz o número destes receptores que o cérebro na verdade produz. Então em teoria, se havia 100 destes receptores antes de começar a fumar, pode-se ter 50 naturalmente produzidos depois.
A nicotina produz os outros 50, significando que o cérebro precisa de nicotina apenas para manter um nível normal. Como uma das principais causas de morte pelo mundo, e a droga mais mortal no planeta por taxa de mortalidade, a classificação de dependência da nicotina é de 2.82, alarmante.

Crack

crack entre as drogas mais viciantes do mundo
O crack é essencialmente a mesma droga que cocaína, em nível de pureza inferior e misturado na maioria das vezes com bicarbonato de sódio para permitir que o usuário fume a droga. E isto é precisamente onde o crack leva sua classificação de dependência de 2.82.
O método de ingestão leva à sensação desta droga ser mais rápida e mais intensa em relação à cocaína, mas é também extremamente curta, talvez 10 minutos, causando ao usuário o desejo de mais, em menos de 20 minutos após o primeiro uso.
Os sintomas de abstinência podem causar imensa depressão, agitação e insônia, bem como promover uma necessidade do viciado pela droga, que é segunda posição na seleção.

Heroína

heroina entre as drogas mais viciantes do mundo
A droga mais mitificada, romantizada e demonizada no planeta, a rainha do ópio, a heroína, e o vício e ausência que a acompanha, se tornaram lenda. A classificação de dependência desta droga é 2.89 e é estimado que quase 25% de todas as pessoas que experimentaram heroína uma vez, se tornam viciadas.
A heroína causa euforia, alivia a dor e entorpece o cérebro e corpo, agindo sobre os receptores de prazer no cérebro. A falta da heroína causa febre, depressão grave, dor, náusea, vômitos, insônia, e desejos intensos pela droga. A pior doença a experimentar na vida, por uma semana ou mais.

Postado por Adriano Lucas

Adriano Lucas, é fundador do Top10mais.org, tem 28 anos, mora em Cuiabá. Estudante do curso de Sistemas para Internet, esta sempre disposto a aprender e compartilhar em seus blogs, as diversas curiosidades existentes no mundo. Blogar é seu hobby desde 2009, mas tornou-se sua principal atividade a partir de 2011.

Veja também:

Ban Gioc – Detian Falls entre as cachoeiras mais bonitas do mundo

Top 10 cachoeiras mais bonitas do mundo

Nesta seleção estão em destaque as 10 cachoeiras mais bonitas do mundo. As cachoeiras são …

5 Comentários

  1. Boa tarde,vcs conhece mais?

  2. você usa uma droga pra diminuir o efeito de outra, isso se chama se drogar mais, e a heroína só os fortes conseguem!

  3. A mais viciante e a krokodil

  4. por isso só fico na maconha

  5. Boa tarde Adriano.
    Droga é droga, mas quando a gente ler que há dez quais são mais viciante, chega a ficar preocupada.
    Olhando estas drogas quais você lista, não vou dizer que não conheço, pois conheço sim,vivo num meio artístico e nesse meio é triste meu amigo,é um povo nojento.
    E sinceramente eu não teria coragem de por uma porcaria desta em meu corpo por dinheiro nenhum do mundo.
    Agradeço por ter compartilhado.
    Desejando uma magnífica terça feira
    Abraços sempre.
    ClaraSol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *