Ínicio » Mistérios » Top 10 demônios bíblicos

Top 10 demônios bíblicos

Algo que pouco se ouve falar quando o assunto é bíblia, é com relação aos demônios, é claro que podemos notar muitos personagens que de acordo com a religião teriam tido uma grande participação e importância para a bíblia, no entanto, se você tem interesse em conhecer um pouco sobre quais teriam sido os demônios que também estão nos contos bíblicos, veja agora mesmo uma lista com 10 deles, e qual teria sido a sua importância na história.
Top 10 demônios bíblicos:

Abaddón

sangua na porta abbadon
O primeiro que iremos citar, seria o Abaddón, que se trataria de um mensageiro de Deus, assim como também um ministro da vingança, ou até mesmo um executor da ira divina. Os estudiosos concluem como exterminador ou até mesmo um destruidor após os atos de Êxodo 12:23, ao qual o anjo mata a todos os egípcios nas casas que não há marcas de sangue na porta. No entanto, no novo testamento, ele ganha a representatividade de demônio ao referi-lo em Apocalipse 9:11.

Adramelec e Amelec

Adramelec e Amelec
O segundo demônio, seria Adramelec e Amelec (II Reis 17:31), ao qual seriam divindades dual, também conhecidos pelos estudiosos como Adar e Ana. Inicialmente, os hebreus o cultuavam com o próprio Javé, enquanto para os judeus, eles seriam demônios.

Asera

astarte Asera
O terceiro demônio a ser citado, seria o Asera, a Deusa da Cananéia. Assimilada e cultuada pelos hebreus, teria a forma de um tronco sagrado semelhante a coluna ou até mesmo de um poste. Por isso, seria a dona e protetora dos bosques e “emprestava-os” aos homens. Ela é comumente confundida com a deusa fenícia astarte, que seria uma espécie de demônio.

Asima

inscricoes helenicas
O quarto seria Asima, sendo que biblicamente, seria conhecida como a Deusa Sima, que seria dos Arameus de Hamat, ela seria bastante conhecida pelas inscrições helênicas e poderia ser considerada como uma divindade local (II Reis 17:30). No entanto, também acabou por se tornar conhecida como a divindade protetora dos vales e também dos caminhos de Hamat e Reob, o que seria determinado como uma personagem demoníaca.

Asmodeu

asmodeu

Já o quinto demônio, seria a Asmodeu, antes conhecido como AsmaDaeva, uma divindade que teria sido citada no Avesta (livro dos persas). Ele seria um executor do mal dentro do principio do dualismo da doutrina de Zoroastro, ou seja, o bem e o mal. Em Tobias 3:8, ele é tratado como um espírito maligno e também destruidor.

Baal Meon

baal meon beon
O sexto seria Baal Meon, sendo que este seria o terrível “beon”, uma divindade que seria considerada como protetora da Palestina, e o seu nome seria proibido de ser pronunciado entre o povo de Javé, e por isto teria mudado de nome de acordo com o locais onde seria consagrado (Números 32:3 e 38).

Baalzebul

belzebu um dos demonios biblicos
O sétimo lugar, ficou reservado para “baalzebul” ou belzebu, ao qual seria cultuado pelos filisteus (II Reis 1:2), e também por outros povos que faziam parte do médio oriente, onde este teria se transformado no príncipe dos demônios para os hebreus, assim como também teria sido assimilado desta forma pelos cristãos.

Belial

belial
O oitavo demônio seria “belial”. Na bíblia é considerado como aquele que de nada serve, ou seja, um ser inútil e sem nenhum valor, sendo que ele teria sido um sinônimo para um ser abjeto, assim como também para os homens que são perversos (1 Samuel 10:27).

Camos

camos demonio
O nono demônio a ser citado de acordo com as histórias bíblicas, seria “camos”. A que foi considerada como a principal divindade moabita (Números 21:29), e que teria um grande prestígio entre os hebreus, esta que seria uma deidade, necessitaria de cultos, sacrifícios ou até mesmo adorações, fazendo com que se tivesse conotações de consumações aos demônios de forma indistinta.

Besta

besta
E para finalizar, não podemos nos esquecer da “besta”, apesar de não se tratar especificamente de um demônio, mas sim de uma identificação bíblica, no entanto, se trataria do próprio diabo, ou até mesmo do satanás que se apresentaria nos tempos finais. Sendo que para alguns estudiosos, a besta também seria uma espécie de representação ao anti-cristo (I João 2:18), e por isto, por alguns, seria considerado como um demônio.

Postado por Adriano Lucas

Adriano Lucas, é fundador do Top10mais.org, tem 28 anos, mora em Cuiabá. Estudante do curso de Sistemas para Internet, esta sempre disposto a aprender e compartilhar em seus blogs, as diversas curiosidades existentes no mundo. Blogar é seu hobby desde 2009, mas tornou-se sua principal atividade a partir de 2011.

Veja também:

relatos entre as razões pelas quais Jesus Cristo nunca existiu

Top 10 razões pelas quais Jesus Cristo nunca existiu

A religião é uma das forças mais poderosas do planeta, porém duvidosa. Não há quaisquer …

12 Comentários

  1. No caso, segundo o Cristianismo, o judaísmo era corrupto e o cristianismo não realmente derivou dele e sim foi feito novo pela vinda de Jesus Cristo.

  2. O besta e o diabo são as mesmas pessoas,esses demônios que ajudaram a matar Deus,Jesus Cristo,Cristão Jelusico,Jesus de Nazaré e Os pais de Deus.O deus poderoso é o nosso protegente,por isso,nunca se pode falar que ele não existe,ele existe sim,em todos os lugares,mesmo nos lugares com chingamentos e tiroteiros etc.Quem não dizer que ele não existe,pode até levar castigo invisivel,que só é possivel ver na sua alma propia.

  3. Besta tem um monte por ai, e não é demônio não, é quem leva a bíblia a sério, aliás a maioria se quer leu a bíblia e ainda se acham donos da verdade, essas pessoas sim são as verdadeiras bestas.

  4. Só existe um Deus. Na Bíblia diz que ele é o único Deus… o resto são entidades malignas que foram enviadas para enganar as nações 😉

    • Na verdade a biblia fala que o único Deus que é dono de tudo e de todos é o próprio Deus ou seja o pai de Jesus Cristo, o diabo é um anjo caído que se tornou um deus só que mal, os outros são entidades malignas porém o deus sobre todos os outros que é o grande eu sou, que
      é o mais forte e capaz de fazer td o que os outros não fazem

  5. Hahah. Tipo… Se é meu é bom, se não é, é mal.

  6. É incrível como simplesmente fica claro que o cristianismo, ao invés de ao menos tentar criar todos os demônios, ele simplesmente pega os deuses de outros povos e transforma em demônios…

    • Pq existe somente um Deus, os outros deuses são oq as pessoas entrepretam como bem querem e adoram a outros deuses, oq está aqui não foi homem nenhum quem disse foi Deus pq está na bíblia.

    • Por haver somente um Deus, os outros só podem ser demônios, entendeu Eduardo?

    • Não estou defendendo o cristianismo, mas muitos desses deuses( que são considerados demônios) são/foram chamados assim pelos judeus/hebreus, como o cristianismo derivou do judaísmo seguiu a mesma coisa. Cristianismo também fez isso com os deuses na Europa seja eles Germânicos, Celtas,Eslavos, Balticos, Fino-Ugricos; além claro nas Américas com a religião dos índios.
      A cristianização da europa foi sangrenta, cristãos e pagãos lutaram, um marco alto é as Cruzadas do Norte, a europa também perdeu sua verdadeira religião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *